Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
+55 (11) 4506-3239
academy@glsolutions.com.br

2 set 2011

Instalando o WebSphere Application Server v8 no modo Silent.

/
Postado por
/
Comments0

Desde o lançamento do WebSphere Application Server onde ocorreram diversas novidades. Uma em contrapartida chamou muito a atenção principalmente dos profissionais de middleware que foi a mudança na forma de instalação do produto.
Até a versão v7 do a forma de instalação do produto era feito através do famoso UpdateInstaller. Tanto para as instalações de produtos quanto para updates.
Havia três opções de modo de instalação sendo: via console, silent ou wizard. A partir da versão 6.1 o modo console foi descontinuado e a única possibilidade de instalação em modo terminal ocorria através do modo silent.
O modo silent era simples e pratico. Bastava editar o arquivo de responsefile.txt e depois executar o comando ./install -options “responsefile.txt” –silent. De conbtrapartida, o gerencianento de pacores e instalações era muito trabalhoso.
Tudo feito via console, sem a necessidade de instalar inúmeras bibliotecas (claro que para ambiente Linux).

Porém, tudo muda a partir da versão V8.
Conforme já informado no post “Lançamento WebSphere Application Server 8 no Brasil”, a forma de instalação do produto mudou. E foi uma mudança significativa.

O Installation Manager, aquele mesmo produto utilizado para instalação do Rational, agora faz parte indispensável para instalação do WebSphere Application Server v8.

Melhorias

Unificou o sistema de instalação. Desenvolvimento e Middleware possuem o mesmo produto de instalação e atualizações. Possui o CIM (Centralized Installation Manager): É um repositório de instalação de fixpacks e também do produto. Com o CIM é possível fazer diversas instalações e atualizações para outros ambientes remotos. O download do produto pode ser feito direto do IM. O IM baixa e instala o produto. Realmente facilitou muito.

Pequenos problemas

É necessário carregar o modo gráfico até mesmo para instalação no modo slient. Aumento significante de instalação de bibliotecas (em ambiente Linux). É incrível a quantidade de bibliotecas necessárias apenas para IM. São 70 no total sem contar as bibliotecas do WAS8. O IM é uma aplicação de 32bit. Não existe para 64bit. Isso explica a quantidade de bibliotecas necessárias. Nesta situação, é necessário instalar as bibliotecas de 32bit no ambiente 64bit. Independente dos pequenos problemas, acredito que as melhorias são extremamente úteis no gerenciamento das tarefas e servidores.

Esta é uma opinião pessoal, fiquem a vontade para comentar, tanto a favor quanto contra.

Instalando o WebSphere Application Server v8 no modo silent

Neste exemplo, os discos do WAS se encontram no próprio servidor.
Basta descompactar os discos em uma pasta ex: setupWAS.
Não existe mais a necessidade de criar pastas como IL-1, W-1 ou A-1. O arquivo descompactado já está no formato correto que é interpretado pelo IM.
O IM sabe quais discos são necessários através do arquivo repository.config.
A instalação é feita em um ambiente RedHat Enterprise Linux 6 64x

1 – Preparar o ambiente para instalação do WebSphere Application Server v8.

Desabilitar o SELinux.

Instalar os pacotes 32 e 64 bit para WAS8

compat-libstdc++-33-3.2.3-69
compat-db-4.6.21-15
ksh-20100621-2
gtk2-2.18.9-4
gtk2-engines-2.18.4-5
libXp-1.0.0-15.1
libXmu-1.0.5-1
libXtst-1.0.99.2-3
pam-1.1.1-4
rpm-build-4.8.0-12
elfutils-0.148-1
elfutils-libs-0.148-1
libXft-2.1.13-4.1
libstdc++-4.4.4-13

Instalar os pacotes para o IM (Installation Manager)

alsa-lib-1.0.21-3.el6.i686.rpm
atk-1.28.0-2.el6.i686.rpm
audit-libs-2.0.4-1.el6.i686.rpm
avahi-libs-0.6.25-8.el6.i686.rpm
cairo-1.8.8-3.1.el6.i686.rpm
cups-libs-1.4.2-35.el6.i686.rpm
dbus-glib-0.86-5.el6.i686.rpm
dbus-libs-1.2.24-3.el6.i686.rpm
expat-2.0.1-9.1.el6.i686.rpm
fontconfig-2.8.0-3.el6.i686.rpm
freetype-2.3.11-5.el6.i686.rpm
gamin-0.1.10-9.el6.i686.rpm
glib2-2.22.5-5.el6.i686.rpm
glibc-2.12-1.7.el6.i686.rpm
glibc-common-2.12-1.7.el6.i686.rpm
gnutls-2.8.5-4.el6.i686.rpm
gstreamer-0.10.29-1.el6.i686.rpm
gtk2-2.18.9-4.el6.i686.rpm
gtk2-engines-2.18.4-5.el6.i686.rpm
jasper-libs-1.900.1-15.el6.i686.rpm
keyutils-libs-1.4-1.el6.i686.rpm
krb5-libs-1.8.2-3.el6.i686.rpm
libasyncns-0.8-1.1.el6.i686.rpm
libcanberra-0.22-1.el6.i686.rpm
libcanberra-gtk2-0.22-1.el6.i686.rpm
libcom_err-1.41.12-3.el6.i686.rpm
libgcc-4.4.4-13.el6.i686.rpm
libgcrypt-1.4.5-3.el6.i686.rpm
libgpg-error-1.7-3.el6.i686.rpm
libICE-1.0.6-1.el6.i686.rpm
libjpeg-6b-46.el6.i686.rpm
libogg-1.1.4-2.1.el6.i686.rpm
libpng-1.2.44-1.el6.i686.rpm
libselinux-2.0.94-2.el6.i686.rpm
libSM-1.1.0-7.1.el6.i686.rpm
libsndfile-1.0.20-3.el6.i686.rpm
libstdc++-4.4.4-13.el6.i686.rpm
libtasn1-2.3-3.el6.i686.rpm
libtdb-1.2.1-2.el6.i686.rpm
libthai-0.1.12-3.el6.i686.rpm
libtiff-3.9.4-1.el6.i686.rpm
libtool-ltdl-2.2.6-15.5.el6.i686.rpm
libuuid-2.17.2-6.el6.i686.rpm
libvorbis-1.2.3-4.el6.i686.rpm
libX11-1.3-2.el6.i686.rpm
libXau-1.0.5-1.el6.i686.rpm
libxcb-1.5-1.el6.i686.rpm
libXcomposite-0.4.1-2.el6.i686.rpm
libXcursor-1.1.10-2.el6.i686.rpm
libXdamage-1.1.2-1.el6.i686.rpm
libXext-1.1-3.el6.i686.rpm
libXfixes-4.0.4-1.el6.i686.rpm
libXft-2.1.13-4.1.el6.i686.rpm
libXi-1.3-3.el6.i686.rpm
libXinerama-1.1-1.el6.i686.rpm
libxml2-2.7.6-1.el6.i686.rpm
libXrandr-1.3.0-4.el6.i686.rpm
libXrender-0.9.5-1.el6.i686.rpm
libXtst-1.0.99.2-3.el6.i686.rpm
ncurses-libs-5.7-3.20090208.el6.i686.rpm
nss-softokn-freebl-3.12.7-1.1.el6.i686.rpm
PackageKit-gtk-module-0.5.8-13.el6.i686.rpm
pango-1.28.1-3.el6.i686.rpm
pixman-0.16.6-1.el6.i686.rpm
pulseaudio-libs-0.9.21-13.el6.i686.rpm
readline-6.0-3.el6.i686.rpm
redhat-lsb-graphics-4.0-2.1.el6.i686.rpm
sqlite-3.6.20-1.el6.i686.rpm
tcp_wrappers-libs-7.6-56.3.el6.i686.rpm
zlib-1.2.3-25.el6.i686.rpm

2 – Instalando o IM

Para instalar o IM, execute o comando: ./installc –acceptLicense
O IM será instalado no diretório /opt/IBM/InstallationManager

3 – Criando o arquivo de response file para o modo silent

Navegar até o diretório: /opt/IBM/InstallationManager/eclipse
Executar o commando ./IBMIM -record /tmp/install_was.xml -skipInstall /tmp/imregistry
-record /tmp/install_was.xml: Vai gerar o response file no diretório /tmp
-skipInstall /tmp/imregistry: Salva os arquivis metadata no diretório /tmp/imregistry
Será carregado a janela de configuração do IM.
Clique em File > Preferences.

Do lado direito, clique no botão Add Repository. Navegue até o diretório onde se encontram os discos do WAS8. Neste diretório, selecione o arquivo repository.config.
Este arquivo é o responsável por informar quais são os discos necessários e sua seqüência para a instalação. Por este motivo não existe mais a necessidade de criar um diretório para cada disco, como IL-1, IL-2, etc.

Selecione a versão disponível e clique em Next.

Aceite os termos de licença para continuar.

São dois diretórios. O diretório Shared é utilizado para compartilhar múltiplos pacotes. O segundo diretório é o diretório de instalação do WAS8.
Nota: O diretório Shared pode ser um diretório remoto ou local. Apenas atente para que o tamanho diretório comporte a necessidade dos pacotes que serão utilizados por outros servidores.

Informe em qual diretório será instalado o WAS8.

Selecione o idioma.

Pacotes disponíveis. Escolha quais pacotes deseja instalar. Não existe a necessidade de instalar todos. Eles podem ser instalados posteriormente caso seja necessário.

Resumo dos pacotes de instalação.

Clique em Finish. O arquivo de response file será criado em /tmp/.

Lembre-se que todo esse processo foi apenas para criar o arquivo de response. Todas as configurações efetuadas anteriormente estão gravadas no arquivo install_was.xml.
Este arquivo install_was.xml pode ser utilizado como modelo para futuras instalações em outros servidores. Porém, o ideal é configurar o CIM para instalação remota.

4 – Instalando o WebSphere Application Server v8 no modo slient.

Para instalar o WASv8 no modo slient, navegue até /opt/IBM/Installation Manager/eclipse/tools
Execute o comando: ./imcl -acceptLicense -input /tmp/install_was.xml -log /tmp/install_was.log
Neste modelo, foi instalado apenas o WAS8 sem nenhuma profile. Nos próximos posts vou mostrar como criar profiles.

Deixe um comentário